Rebanho bovino: lucro e meio ambiente - Mega Curiosidades

Rebanho bovino requer destruição ambiental por conta da alta demanda

Parece que não há como negar o fato do aumento da demanda por carne no mundo, então o rebanho bovino está ultrapassando limites.

Incrivelmente, o número de cabeças de gado tem ultrapassado o número de pessoas no Brasil em 2017. Embora o cálculo de gados existentes tem diminuído em 2018, o número desses animais mortos é realmente assustador. No primeiro trimestre deste ano, segundo pesquisa do IBGE, foram abatidos 7,72 milhões de cabeças de gado para consumo humano.

No entanto, se tratando de meio ambiente, este abate absurdo vem causando um estrago em nosso planeta. Devido ao aumento de rebanhos, além de necessitar de mais espaços na natureza para criação, onde ocorrem desmatamentos, também é causador do efeito estufa. Assim, deve-se ter a consciência de que, para se alimentar de carne, está sendo necessário destruir o pulmão do planeta, florestas.

Se tratando de efeito estufa, logo pensamos em gás carbônico, CO2. Porém, produzido pela matéria orgânica e pecuária, o gás metano é vinte vezes mais destrutivo que o CO2. Assim sendo, hoje o rebanho bovino é responsável por 17% das emissões de gases no mundo.

destruição ambiental

Além disso, todo o processo trabalhoso para criação de um rebanho necessita de muita água e ração. Com base nesta demanda, maior parte dos grãos produzidos no país se transformam em alimento para gados. Portanto, para melhor compreensão, fontes que o ser humano poderia se beneficiar acabam abastecendo os rebanhos.

Economia brasileira

Dito isto, por outro lado, não há dúvidas que o Brasil ganha muito com isso economicamente, já que há lucro com exportações. Seguindo o mesmo período do ano 2018, os destinos como Hong Kong, Egito e Chile importaram mais do que 2017. De modo que o resultado da soma dessas exportações foi de 63,1% do comércio brasileiro de carne bovina. Mas veja a tabela abaixo para melhor entendimento.

Rebanho bovino

Referência: IBGE

Retribuição da natureza

natureza

Esta breve conscientização mostra como nossa civilização está se comportando diante de uma situação agravante como esta. Enquanto esse sistema envolve uma economia gigantesca, também acaba provocando diversos problemas ao meio-ambiente, ou seja, nosso planeta sofre. Contudo, certamente a Terra vai retribuir esta ação negativa dos seres humanos, então é muito provável que uma mudança radical aconteça.

Apesar do que já vem acontecendo, como mudanças climáticas castigando muitos lugares do mundo, a ciência alerta outras tendências naturais. Além do mais, assim como seres humanos, o reino animal, vegetal e mineral não serão mais os mesmos no planeta, podendo até serem extintos!