Tumba de 2.500 anos no Egito

Veja em imagens mais um antigo tesouro de múmias que os arqueólogos descobriram a pouco tempo no Egito.

O Conselho Supremo de Antiguidades do Egito anunciou no sábado a descoberta de um antigo tesouro de mais de 100 sarcófagos intactos. Assim, datado em mais de 2.500 anos atrás, é a segunda grande descoberta em dois meses.

Os caixões de madeira lacrados, revelados no local em meio a ampla cobertura da mídia, pertenciam a altos funcionários que datavam do Período Superior do Egito e do início do período ptolomaico do antigo Egito. No entanto, as autoridades esperam que esta não seja a última grande descoberta na área.

Os artefatos foram encontrados em três fossos funerários a uma profundidade de 12 metros na maciça necrópole de Saqqara, uma área que era um destino de sepultamento popular para a alta sociedade do Egito Antigo.

Complexo de Saqqara

Tumba de 2.500 anos no Egito

Arqueólogos abriram um dos caixões para revelar uma múmia envolta em uma mortalha adornada com imagens hieroglíficas coloridas. Enquanto alguns são embrulhados em folhas de ouro, outros enterrados com estátuas feitas de pedras preciosas. É uma das maiores descobertas do Egito nos últimos meses. Assim acontece conforme os arqueólogos percorrem o amplo complexo de Saqqara.

Patrimônio Mundial da UNESCO

Patrimônio Mundial da UNESCO

Saqqara, um lar de mais de uma dúzia de pirâmides, antigos mosteiros e cemitérios de animais. Além disso, também é uma vasta necrópole da antiga capital egípcia de Memphis, um Patrimônio Mundial da UNESCO.

“Saqqara ainda não revelou todo o seu conteúdo. É um tesouro”, disse o ministro de Antiguidades e Turismo Khaled al-Anani na cerimônia de inauguração, continuando: “As escavações ainda estão em andamento. Mas sempre que esvaziamos um poço de sarcófago de sepultura, encontramos uma entrada para outra.”

Turismo no Egito

Turismo no Egito

O Egito está frequentemente divulgando suas descobertas arqueológicas. Dessa forma, na esperança de estimular uma indústria de turismo vital que vem sofrendo com a turbulência política após a revolta popular de 2011 que derrubou o autocrata Hosni Mubarak. Além disso, o setor também sofreu mais um golpe neste ano com a pandemia do coronavírus.

Publicado em: História