Nova ilha surge na costa do Japão

Após a erupção do vulcão subaquático, uma ilha diferente das que estamos acostumados a ver apareceu no Japão.

Imagem ilustrativa

Procurando um imóvel novo em folha na costa do Japão? Você está com sorte, pois uma nova ilha está em disputa. Mas cuidado, há risco de queimaduras!

O arquipélago japonês é uma coleção de mais de 6.800 ilhas que compõem o Japão. E sua adição mais recente é uma massa de terra em forma de C com um diâmetro de aproximadamente 0,62 milhas (1 km), conforme relatado pela Guarda Costeira Japonesa.

A guarda costeira descobriu esta nova ilha no domingo depois que um vulcão a 50 quilômetros ao sul de Iwo Jima, parte das Ilhas Ogasawara no Oceano Pacífico, começou a entrar em erupção na sexta-feira.

A Guarda Costeira do Japão afirmou na semana passada que a região estava experimentando uma atividade vulcânica explosiva. Isso incluindo uma nuvem de vapor e gás subindo do oceano a altitudes de mais de 15 quilômetros. A tripulação descobriu o que parecia ser um grande depósito de rocha vulcânica flutuante no mar durante a realização de inspeções aéreas da erupção.

Como a erupção deve continuar, a Agência Meteorológica emitiu alertas sobre fumaça e enormes depósitos de cinzas em cursos d’água vizinhos.

Ilhas vulcânicas: o berço da vida?

A ilha é na verdade o cume de um enorme vulcão subaquático chamado Fukutoku-Okanoba, de acordo com a Forbes.

É comum pensar nos vulcões submarinos como as versões subaquáticas de seus equivalentes terrestres. Quando um vulcão submarino entra em erupção, a lava pode criar um novo material de crosta que, quando se eleva acima do nível do mar, forma ilhas vulcânicas. Portanto, não é uma ocorrência incomum, especialmente perto do Japão. Novas ilhas sem formaram dessa maneira no Japão em 1904, 1914 e 1986, todas as quais agora estão submersas devido à erosão.

Uma erupção em 2013, por exemplo, criou uma nova ilha que acabou se combinando com a vizinha Nishinoshima para formar uma massa que se assemelhava ao Snoopy de Peanuts por um tempo.

Esta ilha mais recente pode ser temporária ou pode se tornar uma característica permanente se o vulcão continuar a entrar em erupção e produzir uma concha robusta. Assim, uma nova ilha em território do Japão, já que o vulcão submarino está localizado perto de South Iwo Jima, a ilhota mais ao sul da cadeia de ilhas.

A Ilha Surtsey, na Islândia, é outro exemplo de ilha vulcânica formada recentemente. Em 1963, a ilha vulcânica atingiu o nível do mar e continuou a crescer durante as erupções até 1967.

Dessa forma, Surtsey se designou como reserva natural em 1965. E apenas cientistas têm permissão para visitar a ilha hoje para permitir que a sucessão ecológica natural ocorra sem interferência do mundo exterior.

Essas ilhas vulcânicas recém-formadas são particularmente significativas. Alguns cientistas acham que podem ter surgido para promover a vida como “o berço da vida” quando a Terra estava totalmente coberta por água.