10 coisas impressionantes sobre Machu Picchu

Devido à sua adorável localização na borda do mundo, Machu Picchu ainda continua a desvendar mistérios e curiosidades!

Sendo uma das Novas Maravilhas do Mundo, Machu Picchu é um pico inusitado e histórico bem conhecido no Peru. Por esta razão, muitas pessoas traçam esse lugar incrível como um objetivo de viagem. Ao pensar que uma atração tão significativa teria poucas coisas para esconder, na verdade, seria um engano, pois há algumas surpresas fascinantes por trás dessa maravilha.

Embora pareça ter existido por muito tempo, foi “descoberto“ há pouco mais de cem anos por um americano chamado Hiram Bingham, mais especificamente em 1911. Inesperadamente, é dito que o arqueólogo foi levado até lá por um morador local durante a sua busca por outro lugar misterioso. Bingham foi professor de direito na prestigiosa universidade de Yale, EUA.

Machu Picchu curiosidades

Entre diversos lugares prazerosos e misteriosos para se conhecer no mundo, Machu Picchu é um dos preferidos por muitas pessoas. Cercado por uma cultura autêntica, o lugar acolhe centenas de turistas a cada ano, todos os quais com o objetivo de explorar e matar sua curiosidade sobre a incrível cidade de pedra. Portanto, em uma lista, selecionamos alguns fatos curiosos que talvez ainda sejam pouco conhecidos!

Uma descoberta por acidente

Machu Picchu

Conforme dito, o professor não estava procurando por esse lugar desconhecido, em vez disso, ele procurava por Vilacabamba, também conhecida como a Cidade Perdida dos Incas, onde os governantes incas lutavam contra os colonos espanhóis. Ou seja, a descoberta casual de Bingham sobre Machu Picchu foi um acidente!

Pouco tempo depois, foi declarado que a Cidade Perdida dos Incas estava escondida ao oeste de Machu Picchu. Também foi considerado um lugar conhecido como Espiritu Pampa, apesar disso ter levado uma discussão de 50 anos para ser finalmente comprovado. Bingham estava convencido de que Machu Picchu era realmente a Cidade Perdida dos Incas. No entanto, até que outro explorador, Gene Savoy, finalmente conseguiu mostrar o contrário à Bingham.

Origem desconhecida

Viagem para Machu Picchu

Desde então, os arqueólogos têm trabalhado duro para descobrir como e quando Machu Picchu foi construído. Com base em alguns estudos, é dito que foi construído em 1532 e projetado para ser um retiro tranquilo de uma família real, que às vezes queriam refugiar de Cusco, cidade 73 km distante de Águas Calientes. Dessa forma, enquanto alguns arqueólogos argumentam que o lugar surgiu no início de 1400, todos concordam que a cidade foi construída há centenas de anos.

Arquitetura Inca

Arquiteturas pré-históricas

A arquitetura Inca foi uma das melhores arquiteturas pré-históricas do mundo. Além de Machu Picchu, outros exemplos podem ser vistos em Cusco e Ollantaytambo. O estilo de construção é caracterizado por alvenaria requintadamente cortada, formando um conjunto sem a necessidade de argamassa.

Curiosamente, a matéria-prima era o granito, o que foi trabalhado por pedra e areia em formas irregulares que se encaixavam como um quebra-cabeça gigantesco. Enquanto algumas pedras têm até trinta facetas trabalhadas na superfície, todas estão encaixadas tão precisamente que nem uma agulha pode penetrar entre elas.

Base rochosa e granito cortado

Granito de rocha

Os blocos de quarto são selecionados em grupos discretos, separados por ruas estreitas. Além disso, em muitos casos, a arquitetura de pedra finamente cortada chega a etapas e outros elementos arquitetônicos cortados na rocha nativa. Dado como padrão, a maioria dos prédios possui paredes de largura única com telhados abruptos de palha. Portanto, a maior construção e a mais importante tinha até três paredes para proteger os habitantes de tempestades e outras forças naturais.

Corredor interior e quartos

quartos

Existem quase 200 quartos no paraíso, incluindo residências, templos, edifícios de armazenamento, altares e observatórios astronômicos. Por isso, também havia vários santuários para a prática do culto dos ancestrais Incas. Isso compõe um culto religioso no qual as múmias centenárias dos antepassados eram mantidas e preservadas. Enquanto as paredes não são necessariamente de forma retangular e nem projetadas, todas se encaixam seguindo as curvas perfeitamente.

Porta misteriosa

porta misteriosa

Desde a sua descoberta, o lugar foi cuidadosamente pesquisado e explorado por equipes de cientistas e arqueólogos de diversos países. Embora a cidade já tenha sido explorada por todos os cantos, novas descobertas ainda continuam a ser desvendadas, provando então que Machu Picchu não perdeu o seu ar de mistério.

Em 2014, um explorador francês chamado Thierry Jamin encontrou uma porta misteriosa, e ele sugeriu que a porta tem como destino uma câmara funerária de ninguém menos que Pachacuti Inca Yupanqui, um governante real Inca. No entanto, o governo peruano deu um passo atrás e insistiu que, para evitar danos à região, ninguém pode abrir a porta.

Machu Picchu como moradia

moradia inca

Algumas evidências sugerem que os incas não moravam sozinhos em Machu Picchu, na verdade, eles podem ter coabitado com outras pessoas, tribos e grupos. Arqueólogos como Brian Bauer, um especialista em civilização andina, disse que cerâmicas e têxteis foram descobertos em outras regiões do Peru. Portanto, mesmo sem totais evidências, sugeriu que o local teve outras pessoas morando lá ou visitando a área regularmente.

Animais

Animais de Machu Picchu

O Inca reuniu os animais domesticados Lama e Alpaca, e há poucas dúvidas de que a assistência desses animais delicados e robustos de carga foi necessária durante os processos de construção da cidade. Além do mais, esses animais provavelmente forneceram recursos aos habitantes do palácio de Pachacuti, bem como a lã para a produção de roupas de inverno.

Templo da Lua, Huayna Picchu

Templo da Lua

A meio caminho da Estrada Inca, na montanha chamada Huayna Picchu, encontra-se o Templo da Lua. Esse Templo abrange toda a paisagem das encostas de Huayna Picchu, em especial, há uma ligação de cavernas construídas arquitetonicamente e bastante curiosas. Então, sendo muito provavelmente usadas para manter múmias de ancestrais Inca importantes, além de proporcionar lugares para a sua adoração. Enquanto isso, pedras finas embelezam as paredes dessas cavernas, algumas das quais estão decoradas com nichos e altares esculpidos na rocha nativa.

A borda do mundo

Mistérios do Peru

O complexo residencial Inca de Machu Picchu ainda continua a ser um feito incrível de arquitetura. Isso também vale para Huayna Picchu, uma montanha localizada a três mil pés acima do vale do rio Urubamba. Assim, além de ser próxima o suficiente para tocar, também é atraente o suficiente para ser um cenário de filmes.

Em conclusão, para quem nunca teve a oportunidade em conhecer essa maravilha do mundo, saiba que essas curiosidades não chegam nem aos pés do que realmente é Machu Picchu. Além disso, a região abriga inúmeros pontos turísticos interessantes que fazem da viagem uma experiência de aventura inesquecível!

Publicado em: Lugares, Mega Listas