35 fatos surpreendentes sobre a Suíça

Teste seus conhecimentos suíços com essas curiosidades surpreendentes. Enquanto o Velcro e o LSD se originaram na Suíça, o café mais caro do mundo também é de lá.

A Suíça é um país situado na Europa Ocidental e Central, mas está geograficamente dividido entre os Alpes, as montanhas do Jura e o planalto suíço. A maioria da população vive no planalto, portanto, com esses 35 fatos vamos aprender mais sobre sua cultura tradicional, pessoas, economia, história, turismo, montanhas, cidades e muito mais.

Bandeira quadrada

A Suíça é um dos dois únicos países a ter uma bandeira quadrada, o Vaticano é o outro. Assim sendo, a bandeira do país é um quadrado vermelho com uma cruz branca no centro.

Super estrutura de acomodação

O país está preparado para uma guerra nuclear, se é que já houve uma. Portanto, devido a leis que exigem que todos tenham acesso a um abrigo em seu prédio ou nas proximidades, existem abrigos nucleares suficientes para acomodar toda a população humana. Além disso, os militares suíços mantêm Búnquers de artilharia totalmente abastecidos, disfarçados de casas de campo pitorescas e localizados no meio de aldeias populosas.

Lugares preparados para explodir

Os principais pontos de acesso da Suíça estão preparados para explodir em caso de um ataque. Porque uma das estratégias de defesa do país é demolir todas as estradas principais, pontes e ferrovias. Entretanto, isso vale apenas para um caso de invasão estrangeira, com pelo menos 3.000 locais em todo o país preparados para explodir a qualquer momento.

Café mais caro do mundo

O café em Zurique é o mais caro do mundo, custando em média 3,65 francos suíços (cerca de 21 reais), com Copenhague, Basiléia, Berna e Genebra completando os cinco primeiros, respectivamente. Além disso, o país também foi a origem do café instantâneo. Porque a empresa Nestlé, criada pelo empresário suíço Henri Nestlé em 1867, criou Nescafé em 1938.

Oposição

Os cidadãos suíços podem contestar qualquer lei aprovada pelo Parlamento. No entanto, devem reunir 50.000 assinaturas contra a lei dentro de 100 dias. Então se for bem sucedido, uma votação nacional é realizada e os eleitores decidem se aceitam ou rejeitam a lei.

Invenções mais famosas do mundo

A Suíça possui algumas das invenções mais famosas do mundo. Porque eles criaram o velcro, celofane, canivete, absinto, descascador de batata, fonte Helvetica, LSD, muesli, chocolate dourado e o chocolate ao leite. Enquanto eles também foram pioneiros na introdução de bobsleigh, tobogganing e luge como um esporte competitivo para o mundo. Isso sem contar que os cientistas suíços também estão liderando pesquisas sobre o uso do LSD para tratar doenças mentais e dores. Como resultado, o país continua a liderar o mundo em inovação, sendo o topo do ranking da Organização Mundial da Propriedade Intelectual (WIPO) em 2017 pelo sétimo ano consecutivo, à frente dos EUA (4ª) e do Reino Unido (5ª).

Expectativa de vida mais longa do mundo

Os homens suíços têm a expectativa de vida mais longa do mundo. Porque em 2015, a expectativa de vida ao nascer era de 81,3 anos para homens e 85,3 anos para mulheres. Enquanto afirma a Organização Mundial da Saúde (OMS), coloca o país em segundo lugar (depois do Japão) para a maior expectativa de vida. Mas a população também está envelhecendo; em 2015, quase um quinto da população tinha 65 anos.

Animais de estimação

A lei suíça proíbe a posse de animais de estimação “social”, a menos que você tenha dois deles. Porque é ilegal manter apenas uma cobaia, rato, furão, peixe, canário, porco ou outra criatura social. Enquanto tem as leis de bem estar animal mais rigorosas do mundo, eles julgam o isolamento desses animais como abuso. Consequentemente, isso desencadeou serviços como um advogado que defende animais e um serviço de aluguel de animais.

Impostos suíços para animais de estimação

Existem impostos suíços para possuir um cão, os impostos anuais são determinados pelo tamanho e peso do cão. Portanto, os donos de cães também são obrigados a fazer um curso de treinamento para aprender como cuidar adequadamente de seus animais de estimação.

País para ser feliz

De acordo com classificações consistentemente altas em relatórios globais, a Suíça é um dos melhores lugares do mundo para nascer, viver e ser feliz. Além disso, o país foi classificado como o mais feliz do mundo em 2015 e ficou em segundo lugar em 2016 (depois da Dinamarca) de 156 países.

Pico mais alto

Existem 208 montanhas com mais de 3.000m de altura, com 24 delas acima de 4.000m. Enquanto o mais alto é o Monte Rosa (Pico Dufour), com 4.634m, situado na fronteira entre a Suíça e a Itália.

Clima suíço

O clima por lá não é apenas sobre montanhas nevadas, invernos frios e com neve. Mas temperaturas congelantes e grandes nevadas são menos comuns hoje em dia, especialmente em áreas de planícies. Porque assim muitos resorts de esqui suíços lutariam para sobreviver sem neve artificial. Além disso, durante os verões quentes, sabe-se que as temperaturas ultrapassam 30 a 35 ° C em algumas áreas. Portanto, os Alpes atuam como uma barreira climática. Porque o norte da Suíça tende a ficar mais frio devido aos ventos do Atlântico. No entanto, o sul do país tem um clima mais ameno, influenciado pelos ventos do Mediterrâneo.

Nome para filho(a)

Os pais podem ser rejeitados quando vão dar um nome ao seus filhos. Porque na Suíça, é proibido dar à criança um nome que possa prejudicar o interesse da criança. Desde então, este direito foi exercido quando as autoridades proibiram a musicista suíça Christine Lauterburg de chamar sua filha de ‘Lexicon’ (um ‘objeto’, não um nome).

Confoederatio Helvetica

A Suíça também é conhecida como Confoederatio Helvetica, o que explica a abreviação CH. Por isso, é oficialmente chamada de Confederação Suíça por razões históricas. Mesmo que o país moderno seja uma república federal composta por 26 cantões, com Berna como a cidade federal. Como resultado, esta Confederação tradicionalmente data de 1 de agosto de 1291 e é celebrada anualmente como o Dia Nacional.

Ricos e pobres

O país tem uma diferença considerável de riqueza entre ricos e pobres. Porque os 20% mais ricos da população ganham mais de quatro vezes mais do que os 20% mais pobres, de acordo com a OCED.

Índice de criminalidade

O país tem um dos menores índices de criminalidade entre países industrializados. Apesar das leis liberais suíças, em 2015 houve apenas 0,5 assassinatos por 100.000 pessoas na Suíça (cerca de 40 por ano), em comparação com cinco assassinatos por 100.000 registrados nos EUA. 2014 (cerca de 30 a 40 por dia). No entanto, Small Arms Survey estima que o país suíço tem cerca de 45,7 armas por 100 habitantes, a terceira maior do mundo depois dos EUA (88,8) e do Iêmen (54,8). O governo suíço calcula uma arma por quatro moradores ou cerca de dois milhões de armas numa população de 8,3 milhões. Além disso, em 2011, os eleitores suíços rejeitaram o controle de armas mais rigoroso. Como resultado, surgiu uma proposta de proibir a compra de armas automáticas e introduzir um sistema de licenciamento de armas de fogo.

Serviço militar

O serviço militar ainda é obrigatório para os cidadãos suíços do sexo masculino. Devido à isso, é um dos últimos países da Europa Ocidental a aplicá-lo, juntamente com a Áustria. Sob a constituição suíça, os cidadãos suíços do sexo masculino têm que servir no exército suíço depois dos 18 anos. Por outro lado, as mulheres podem optar por ser voluntárias. Assim, campos de treinamento militar são comuns em todo o território suíço, onde civis são vistos carregando espingardas sobre os ombros. Também é legal manter armas pessoais (rifles semiautomáticos) após o serviço. Além disso, a alta posse de armas deve-se, em parte, à tradição suíça de manter rifles do exército em casa.

Albert Einstein

Albert Einstein desenvolveu sua famosa fórmula E = MC2 na Suíça. Então ele desenvolveu sua teoria da relatividade enquanto estudava e vivia em Berna. Além disso, ele também renunciou a sua cidadania alemã para evitar o dever militar.

Anti-powerpoint

A política de lá inclui um partido de apresentação anti-powerpoint. Portanto, o objetivo do partido é diminuir o uso de powerpoint e outros softwares de apresentação. Porque estima custos de EUR 2.1 em danos econômicos do país.

Leis sociais

Os domingos na Suíça são protegidos por uma longa lista de leis sociais. Portanto, é ilegal realizar atividades como cortar a grama, pendurar roupas, lavar o carro ou reutilizar garrafas. Porque afirma-se que garante a manutenção da paz e da beleza. Além disso, uma noite de sono tranquila também é garantida pela construção de regras que desaprovam as ações barulhentas depois das 10 da noite.

Publicado em: Lugares, Mega Listas