Cientistas querem extrair cobre de vulcões adormecidos

O cobre é o material essencial para carros elétricos, placas solares e itens eletrônicos. E os cientistas planejam extraí-lo de vulcões adormecidos.

Imagem ilustrativa

Para uma mineração de cobre, os cientistas de Oxford apresentaram uma forma mais sustentável. Essa ideia surgiu dos vulcões adormecidos, onde em seu subterrâneo encontra-se muito metal isolado.

Isso é bem diferente do processo comum atual, que ao ar livre executa-se o garimpo de cobre. Dessa maneira, usa-se perfuradoras e bombas para explodir rochas da superfície, depois precisa triturar e extrair a pequena quantidade de cobre.

mina de cobre

Além disso, é necessário produtos químicos para esse tipo de extração. Depois da colheita de cobre, os resíduos que sobram podem contaminar o meio ambiente. Portanto, é vital levar todo o “lixo” para um local apropriado.

O desafio para extrair cobre

Todo o processo de perfuração, extração e transporte para minerar cobre precisa de muita energia. E isso causa danos ao meio ambiente, mas o mundo moderno não vive sem o cobre.

Por exemplo, os carros elétricos contêm quatro vezes mais cobre do que os carros comuns movidos a combustíveis fósseis. Também precisa de cobre para a fabricação de geradores solares, eólicos e hidrelétricos. Ou seja, a chave para um sistema de energia mais sustentável é o cobre.

Assim sendo, os cientistas de Oxford planejam mudar a forma de mineração de cobre em rochas e passar a olhar para a água. Em especial, a água quente e salgada concentrada em vulcões adormecidos.

extrair cobre de vulcões adormecidos

Além do cobre, também é possível encontrar ouro, prata, lítio e outros metais usados na eletrônica em salmouras de vulcões. Isso sem a menor degradação ambiental.

“Zerar vai colocar uma demanda sem precedentes sobre os recursos naturais de metal, uma demanda que a reciclagem por si só não pode atender”, disse o autor principal Jon Blundy em um comunicado à imprensa.

“Precisamos pensar em maneiras sustentáveis de baixo consumo de energia para extrair metais do solo”, continuou ele. “Portanto, os vulcões são um alvo óbvio e global.”

Minas de salmoura

Minas de salmoura

Depois de muito tempo de pesquisa, a equipe de Oxford publicou seu estudo sobre a mineração de metais de vulcões adormecidos. Assim, com base nesse artigo, a idea é transformadora mas também requer muito esforço.

Enquanto os poços precisariam ter mais de um quilômetro de profundidade, existe a possibilidade da extração estimular uma erupção. Dessa forma, deve haver um processo de avaliação antes de começar a perfurar.

A temperatura de uma salmoura chega a mais de 800 graus Fahrenheit. Por isso, para não ter problemas o equipamento precisa suportar a corrosão da salmoura e o calor.

Mineração de cobre econômica

Minerar cobre em vulcão

Então precisamos encontrar soluções eficiêntes para esses fatores técnicos e de segurança. A partir daí, o objetivo é tornar a extração de cobre em vulcões dormentes uma economia mais vantajosa.

Também ajudaria o meio ambiente, já que poderia aproveitar a energia geotérmica dos próprios vulcões para alimentar o processo.

E como os vulcões dormentes estão por toda parte, a mineração de cobre não se limitaria a apenas em alguns países, como acontece hoje em dia.

A equipe está procurando um local ideal para iniciar os primeiros testes de exploração. E isso vai ajudar a compreender melhor como a ideia pode realmente transformar a mineração de metal.

“A mineração verde é um desafio científico e de engenharia que esperamos que cientistas e governos também abracem no esforço para atingir o zero líquido”, disse Blundy.