Fórmula 1: Os 10 pilotos mais ricos do mundo - Mega Curiosidades

Fórmula 1: Os 10 pilotos mais ricos do mundo

A Fórmula 1 com os seus carros rápidos e ação a gasolina, é acompanhada pelos altos salários pagos aos pilotos mais ricos do mundo.

A Fórmula 1 tornou-se uma forma incrivelmente popular de corridas nos dias de hoje. Não há nada melhor do que as altas velocidades, as curvas fechadas, algumas batidas, é claro, e os condutores que conquistam fãs a cada ano.

O esporte foi fundado há mais de um século atrás, em 1906,  e desde então tem atraído milhões de fãs. A atenção da mídia na televisão e na internet permitiu pilotos se tornarem milionários simplesmente por pilotar veículos de corrida de alta velocidade em torno de um circuito fechado.

Esses pilotos ganham seus salários com a sua habilidade em altíssimas velocidades. Aqui estão os dez mais ricos pilotos do mundo.

Nico Rosberg

Nico Rosberg

Nico Rosberg, piloto profissional da Mercedes GP Petronas F1, e é um rapaz de 31 anos de idade. Ele começou sua carreira em 2006, e agora tem um patrimônio líquido de cerca de US$ 33 milhões.

Alain Prost

Alain Prost

Alain Prost foi 4 vezes campeão da competição de fórmula 1, e o piloto mais velho em toda esta lista aos 62 anos de idade. Ele começou a corrida de F1 em 1980, e manteve-se na primeira posição durante 13 temporadas. Seu patrimônio líquido é atualmente de US$ 50 milhões.

Sebastian Vettel

Sebastian Vettel

Sebastian Vettel, outro campeão mundial por quatro vezes, atualmente correndo pela Scuderia Ferrari. Ele conseguiu obter o terceiro lugar durante o campeonato de 2015, e tem um patrimônio líquido de US$ 75 milhões.

David Coulthard

David Coulthard

David Coulthard teve um monte de má sorte quando se trata de ganhar corridas de Fórmula 1, mas de alguma forma conseguiu manter-se em um lugar do topo de forma consistente. Das suas 247 corridas, venceu 13 Grande Pix. Seu patrimônio líquido é de US$ 77 milhões.

Jenson Button

Jenson Button

Jenson Button estreou no mundo da Fórmula 1 em 2000, e desde então se tornou bem sucedido, mais recentemente – 2009. Ele está atualmente associado com a McLaren, e tem um patrimônio líquido de US$ 105 milhões.